Paranaense, Casagrande dita o ritmo no primeiro dia em Londrina

Sessão, realizada sob forte calor e marcada pelo upgrade dos carros da Chevrolet, viu Ramos ser o melhor entre os pilotos que carregam lastro, em segundo.

 

Com uma temperatura ambiente de 34ºC, a Stock Car retornou às pistas nesta sexta-feira em Londrina para dar prosseguimento ao campeonato 2020. Localizada no norte do Paraná, a cidade conhecida como “Capital do Café” recebe a quarta etapa do ano e viu o paranaense Gabriel Casagrande terminar com o melhor tempo na sessão única de treinos do dia.

O forte calor foi a grande dificuldade para todos. Por isso, a sessão, realizada perto do horário das corridas do domingo, viu muita gente trabalhar na base da cautela. As equipes se dedicaram a analisar o desgaste dos pneus no asfalto ondulado e abrasivo, preocupadas especialmente com os compostos do lado direito, que são os que mais sofrem naquele traçado, principalmente no pneu traseiro direito.

“Foi um bom primeiro dia aqui. No shake down o carro já estava bem legal, acho que o pacote de atualização deu uma boa melhorada no desempenho. Ainda é cedo por que a gente não sabe a condição dos nossos concorrentes e também por que amanhã ainda temos outro treino. Mas pela temperatura ser bem parecida com a que a gente vai enfrentar na sessão de classificação e na corrida, estou bem contente com o desempenho”, analisa Casagrande, que utiliza um Chevrolet Cruze, modelo que conta a partir de Londrina com o segundo pacote de atualização técnica previsto pelo regulamento.

“A temperatura do asfalto estava em 54 graus. É muito quente, vai desgastar os pneus. Dentro do carro vai ser complicado. A gente vai sofrer com isso, mas nós sabemos que isso pode acontecer. É calor pra todo mundo, então está todo mundo na mesma condição. Será mais desgastante, mas estamos preparados”, completa o paranaense de Pato Branco.

Entre os primeiros colocados no campeonato, apenas Cesar Ramos teve um bom desempenho, em parte pelo uso do chamado Lastro de Sucesso, peso adicional que os líderes devem usar segundo determina o regulamento. Ricardo Zonta (50 kg), Cesar Ramos (25kg) Rubens Barrichello (20 kg), Ricardo Mauricio, (15kg) Nelsinho Piquet (10kg) e Allam Khodair (10 kg) sabem que o peso extra combinado com o calor excessivo deve cobrar seu preço desgastando um pouco mais os pneus.

Na pista, Casagrande, que corre sem lastro nesta etapa, registrou a marca de 1min12s325, superando Cesar Ramos, dono das duas últimas poles colocadas em jogo pela Stock Car. O paranaense foi 0s256 mais veloz que o gaúcho. Também sem lastro, Julio Campos, Thiago Camilo, Galid Osman e Daniel Serra completaram a lista dos seis melhores do dia.

“Vamos ver se a gente consegue usar da melhor forma os upgrades que tivemos. O pior problema no nosso carro especificamente eram os freios. E agora que isso foi sanado, então acho que vamos começar a mostrar a nossa performance a partir de Londrina. É um marco zero pra gente, espero que seja um recomeço mesmo pra gente aqui”, ressalta Julio Campos, referindo-se à atualização que os carros da Chevrolet receberam por conta do regulamento para igualar-se aos Toyota.

Entre os “lastreados”, depois de Ramos, o mais próximo é Nelsinho Piquet, décimo, com Allam Khodair em P14. Os demais estão no fundo do grid: Ricardo Maurício em P21, Rubens Barrichello em P22 e o atual líder do campeonato, Ricardo Zonta, é o P23.

“O peso atrapalha um pouco nas frenagens. Tenho que frear um pouco mais cedo e o lastro faz o carro demorar um pouco mais para parar. É física, uma reação natural. Não tem jeito. Quanto às temperaturas, isso pode ser que na corrida faça a gente sofrer um pouco mais, mas não acredito que vá fazer grande diferença na preservação das pastilhas, por exemplo. É tudo questão de performance”, analisa Ramos.

A Stock Car retorna às pistas neste sábado às 8h com o segundo treino livre (exibido ao vivo no canal @stockcarchannel do YouTube). Em seguida, às 11h15, têm início as tomadas de tempos com transmissão pelo canal SporTV2. As duas corridas, no domingo, terão início às 12h30, também pelo Sportv2. Confira abaixo os tempos do dia:

1. #83 Gabriel Casagrande (Cruze), 1:12.325
2. #30 Cesar Ramos (Corolla), 1:12.581 – a 0.256
3. #4 Julio Campos (Cruze), 1:12.657 – a 0.332
4. #21 Thiago Camilo (Corolla), 1:12.851 – a 0.526
5. #28 Galid Osman (Cruze), 1:12.953 – a 0.628
6. #29 Daniel Serra (Cruze), 1:12.957 – a 0.632
7. #12 Lucas Foresti (Cruze), 1:13.020 – a 0.695
8. #85 Guilherme Salas (Cruze), 1:13.046 – a 0.721
9. #51 Átila Abreu (Cruze), 1:13.064 – a 0.739
10. #33 Nelson Piquet Jr (Corolla), 1:13.172 – a 0.847
11. #5 Denis Navarro (Cruze), 1:13.195 – a 0.870
12. #44 Bruno Baptista (Corolla), 1:13.239 – a 0.914
13. #0 Cacá Bueno (Cruze), 1:13.297 – a 0.972
14. #18 Allam Khodair (Cruze), 1:13.305 – a 0.980
15. #11 Gaetano di Mauro (Cruze), 1:13.457 – a 1.132
16. #70 Diego Nunes (Cruze), 1:13.471 – a 1.146
17. #117 Matias Rossi (Corolla), 1:13.496 – a 1.171
18. #43 Pedro Cardoso (Cruze), 1:13.511 – a 1.186
19. #80 Marcos Gomes (Cruze), 1:13.522 – a 1.197
20. #8 Rafael Suzuki (Corolla), 1:13.550 – a 1.225
21. #90 Ricardo Mauricio (Cruze), 1:13.765 – a 1.440
22. #111 Rubens Barrichello (Corolla), 1:13.979 – a 1.654
23. #10 Ricardo Zonta (Corolla), 1:14.075 – a 1.750
24. #54 Tuca Antoniazi (Cruze), 1:15.147 – a 2.822

Programação do final de semana:

Sábado, 12 de setembro
8h00 – 9h10 – treino livre 2 – Stock Car
9h25 – 10h35 – treino livre 3 – Stock Light
11h15 – 11h50 – classificação – Stock Car
13h00 – 13h25 – classificação – Stock Light
15h30 – corrida 1 – Stock Light

Domingo, 13 de setembro
9h00 – corrida 2 – Stock Light
12h30 – corrida 1 – Stock Car
13h25 – corrida 2 – Stock Car

Classificação do Campeonato: Pilotos
1. Ricardo Zonta, 82
2. Cesar Ramos, 78
3. Rubens Barrichello, 71
4. Ricardo Mauricio, 54
5. Nelsinho Piquet, 50
6. Allam Khodair, 50
7. Thiago Camilo, 46
8. Átila Abreu, 44
9. Daniel Serra, 42
10. Rafael Suzuki, 41
11. Bruno Baptista, 39
12. Cacá Bueno, 37
13. Denis Navarro, 35
14. Guilherme Salas, 32
15. Galid Osman, 31
16. Julio Campos, 26
17. Lucas Foresti, 23
18. Diego Nunes, 20
19. Matias Rossi, 19
20. Gaetano Di Mauro, 18
21. Gabriel Casagrande, 17
22. Vitor Genz, 11
23. Pedro Cardoso, 10
24. Marcos Gomes, 9
25. Vitor Baptista, 8
26. Tuca Antoniazzi, 8

Campeonato de equipes
1. Ipiranga Racing, 125
2. RCM Motorsport, 121
3. Eurofarma RC, 106
4. Full Time Bassani, 91
5. Full Time Sports, 90
6. Shell V-Power, 75
7. Blau Motorsport, 70
8. Crown Racing, 63
9. KTF Sports, 51
10. Cavaleiro Sports, 44
11. Vogel Motorsports, 41
12. R. Mattheis, 27
13. Hot Car, 8

Ranking das marcas
1. Toyota, 201
2. Chevrolet, 151

Assessoria de Imprensa
Rodolpho Siqueira/Bruno Vicaria/Leonardo Marson

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta