DEVOTOS DE SANTO EXPEDITO ORGANIZAM CAVALGADA

Evento chega a seu décimo-quarto ano e reúne participantes de todo o país.

O GECEG- Grupo Ecológico dos Cavaleiros Guardiões da Natureza e da Cidadania de Foz do Iguaçu, realiza no dia 22 de Abril  a 14ª Cavalgada Ecológica e Romaria de Santo Expedito. O evento que já se tornou tradição, foi instituído pela Lei Municipal n. 3.293/06. Neste a ação dos devotos irá beneficiar a Comunidade de Santo Expedito, localizada na grande  Porto Meira, que realiza paralelamente a sua quinta festa em louvor ao santo das causas impossíveis.

Cerca de 200 cavaleiros do Brasil, Paraguai e da Argentina sairão do Colégio Agrícola de Foz do Iguaçu às 8 horas da manhã, percorrerão as principais ruas da cidade e seguirão até a na Igreja Matriz do Espirito Santo e Nossa Senhora Aparecida no Porto Meira. No mesmo dia, às 11 horas, os devotos farão uma parada na Capela de Santo Expedito no Bubas, para Benção de fiéis e animais. Na sequência será servido um almoço.
“Recebemos muitas graças de nosso Santo Expedito e com a cavalgada rendemos homenagem ao nosso mártir e promovemos uma grande confraternização com todos os seus devotos”, explica o jornalista Oliveirinha, presidente do GECEG.

Os cem primeiros cavaleiros que chegarem ao Colégio Agrícola ganharão o ticket que vale um almoço.

A 14ª Cavalgada  Ecológica e Romaria de Santo Expedito conta com o apoio da prefeitura municipal de Foz do Iguaçu, Fundação Cultural, Secretaria Municipal de Turismo, Deputado Federal Fernando Giacobo, Deputado Estadual Rubens Recalcatti , Igreja do Espirito Santo e Nossa Senhora Aparecida. Para maiores informações  ligue: (45) 9977-5837.

 

Santo Expedito

Nosso santo guerreiro marcou a história por seu testemunho de vida. Mártir da fé morreu decapitado, em abril do ano 303, sob o comando do Imperador Diocleciano. Expedito era soldado romano, levava uma vida devassa, até que teve um marcante encontro com Deus. Tocado pela graça divina, ele se converteu e mudou radicalmente de vida. Quando também teve início o seu sofrimento ao ser tentado pelo inimigo da salvação dos homens, que quis ludibriá-lo. O espírito do mal apareceu diante dele em forma de corvo e lhe segredou: “ crás..! crás…! crás…!” Palavra latina que quer dizer: “Amanhã…! amanhã…!amanhã…!” Enganador que é, eis a proposta do maligno: Deixe para amanhã. Não tenha pressa! Adie sua conversão!

Esse grande santo da Igreja, cansado daquela vida, não titubeou e pisoteou o corvo, esmagando-o e gritando: HODIE!, que quer dizer: “HOJE”! Nada de adiamento! É para já! Agora! Determinado, sabia que qualquer demora lhe poderia causar prejuízo e a morte eterna. Por isso é considerado o “santo das causas urgentes”, da “solução imediata” para qualquer pedido ou situação. É bastante conhecido por essa característica no Brasil.

Santo Expedito não adia o auxílio que pode nos oferecer para amanhã; sua determinação nos estimula a nunca adiar nossa conversão para amanhã.

A tradição o apresenta como chefe da 12ª Legião Romana, conhecida como “Fulminante” em memória de uma façanha que se tornou célebre. Localizava-se em Militene, província romana da Armênia. Em sua maioria era formada por soldados cristãos que defendiam as fronteiras orientais contra os ataques de bárbaros asiáticos.

Ele destacou-se no comando dessa legião por suas virtudes de cristão e chefe ligado à sua religião, a seu dever, à ordem e à disciplina.

É o santo dos negócios que precisam de pronta solução, cuja invocação nunca é tardia; também é o protetor dos estudantes. Sua data festiva é no dia 19 de abril.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *