SECRETARIAS SE REÚNEM PARA AVALIAR SITUAÇÃO DE OBRAS QUE PODERÃO AVANÇAR NO MUNICÍPIO

O prefeito Chico Brasileiro e os secretários de Obras, Luiz Roberto Volpi, de Planejamento, Elsídio Cavalcante, e o Procurador Geral do Município, Osli Machado, se reuniram hoje (05) para avaliar a situação de diversas obras no Município. Muitas destas obras se encontram paradas por conta das investigações da Operação Pecúlio e deverão passar por uma perícia para depois serem retomadas. Outras incluem projetos que já foram firmados em contratos com a Caixa Econômica Federal, mas que não foram iniciadas.
 
A atual administração está procurando estudar cada projeto, a viabilidade e a possibilidade de ser tocado adiante. Segundo o prefeito, a intenção é poder avançar “tirando os obstáculos”. “Nós pretendemos reiniciar essas obras paradas depois da perícia e iniciar as que nem foram começadas, pois é um conjunto de obras estruturantes que permitirão mais mobilidade. O Município está trabalhando com toda a equipe técnica, em uma somatória de esforços com as secretarias de Obras e de Planejamento, no sentido de cumprir os prazos junto à Caixa Econômica e o Ministério das Cidades para não perdermos os recursos já existentes. Também temos obras que já deterioraram e o município terá de arcar para não perder o projeto global, e se o Município não der continuidade terá de devolver recursos. Por isso, estamos trabalhando para dar seguimento, e agora com essa perícia, que se inicia na semana que vem, nós teremos um cronograma das obras que serão periciadas dentro de uma sequência para que possamos iniciar cada obra que foi paralisada”, enfatizou.
 
De acordo com o secretário de Obras, também está sendo discutida a situação emergencial do tapa-buraco, da liberação de material para fazer a recomposição de bocas de lobo e de galerias que estão paradas, como também o projeto das ciclovias, orçado em 2015 e que está sendo revisto pelas secretarias de Obras e de Planejamento.
(com AMN)

Deixe uma resposta